Morre sitiante que foi esfaqueado ao reagir a assalto na zona rural de Vilhena

Valdomiro Neves da Silva de 57 anos, vítima de esfaqueamento na noite de sábado, 10 de junho, morreu na tarde de segunda-feira, 12, no Hospital Regional de Vilhena. Silva foi ferido ao reagir a um assalto, na chácara Vitória, Gleba Corumbiara, Travessa da 02, Linha 144, zona rural de Vilhena.

Na ocasião, Valdomiro ligou para familiares informando que havia sido esfaqueado ao reagir a um assalto, cujos infratores teriam tentado roubar seu veículo Fiat Siena, com placas de Vilhena. Ao mesmo tempo, o homem ligou para o Corpo de Bombeiros e para Polícia Militar.

Conduzido ao pronto socorro do Hospital Regional através de uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros, Valdomiro já estava em estado de choque e apresentava uma perfuração no abdômen, sendo necessária sua remoção para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HR.

Desde então, os médicos vinham tentado salvar a vida de Valdomiro, contudo, seu quadro clínico se agravou e o sitiante acabou não resistindo a gravidade do ferimento e falecendo na tarde desta segunda-feira, 12 de junho.

Com a morte de Valdomiro, Vilhena chega a marca de seu 23º homicídio no ano de 2.017.

O Serviço de Investigação e Captura (Sevic) da Delegacia de Polícia Civil investigará este caso de latrocínio.



Fonte: Vilhena Noticias